Novidades e Atualizações

WEG MOTOR SCAN: FIRMWARE 2.0

A versão 2.0 do firmware já está disponível.

Para atualizar, siga o procedimento:

  1. Faça o pareamento selecionando o sensor na tela inicial do aplicativo móvel. É necessário estar próximo ao sensor e ter conexão com a internet.
  2. Aguarde a coleta dos dados armazenados na memória.
  3. Clique em “Mais”.
  4. Clique em “Atualizar sensor”.
  5. Aguarde a finalização da atualização. Você será requisitado a recadastrar os dados do motor.
  6. Pronto! O sensor está atualizado.

A versão 2.0 permite maior agilidade para baixar e processar os dados, além de disponibilizar novas funcionalidades e aprimoramentos:

  • Comunicação com gateway dedicado.
  • Para economizar energia o sensor passa a ser fornecido de fábrica desativado.
  • Vibração global em 3 eixos: 24 registros diários fixos. As versões anteriores ofereciam 12 registros configuráveis.
  • Análise em frequência (FFT).
  • Medição instantânea: análise em frequência, rotação e temperatura.
  • Estimação de desempenho do motor: rotação e carga.
  • Diagnóstico de falhas de desbalanceamento e desalinhamento.
GATEWAY

GATEWAY

Através do Gateway (modelo Cassia X1000) é possível transferir os dados dos sensores para a WEG IoT Plataform de forma automatizada. O Gateway conta com proteção IP65 e está certificado na Anatel e nos principais órgãos internacionais. Informações da instalação e funcionamento do Gateway podem ser visualizados no manual completo (www.weg.net/wegmotorscan).

ATIVAÇÃO DO SENSOR

Para economizar energia, a partir da versão de firmware 2.0, todos os sensores serão fornecidos de fábrica desativados. Portanto, antes de instalá-lo no motor é necessário ativar o sensor.

Isto é feito através do aplicativo que pode ser baixado diretamente nas lojas App Store e Google Play Store. Para baixar, pesquise pelo termo WEG MOTOR SCAN ou, através de QR Code:

image1_motor_scan_instalation_procedure_555x416.png

Após instalação e registro na WEG Iot Platform, siga os passos que podem ser visualizados diretamente no aplicativo ou conforme indicado a seguir:

1 - Se necessário inicie a sessão novamente – “Iniciar Sessão”

2 - Pressione “NOVO DISPOSITIVO” e, em seguida, “SELECIONAR”. Na tela de seleção de dispositivos, pressione “Ativar”."

image2_motor_scan_instalation_procedure_555x416.png

3 - Coloque o sensor na posição horizontal, conforme ilustrado no aplicativo, e pressione “INICIAR”. Aguarde 15 segundos, inverta a posição do sensor, deixando-o com o logotipo WEG voltado para baixo, conforme ilustrado no aplicativo. Pressione “CONTINUAR" e aguarde novamente 15 segundos.

image3_motor_scan_instalation_procedure_555x416.png

4 - Após 15 segundos, o aplicativo direcionará para a tela de emparelhamento manual ou por NFC, caso o modelo do smartphone possua tal funcionalidade.

Para realizar o emparelhamento manual, deixe o sensor a ser configurado o mais próximo possível do smartphone, garanta que nenhum outro sensor esteja próximo. Selecione o primeiro sensor da lista.

Para realizar o emparelhamento com o NFC, pressione “ESCANEAR SENSOR”. Aproxime a parte traseira do sensor, conforme indicado no aplicativo, da região do NFC do smartphone. Após a leitura do NFC, o sensor será emparelhado com o smartphone e a ativação finalizada automaticamente.

image4_motor_scan_instalation_procedure_555x416+screenshots.png

3. REGISTROS DE VIBRAÇÃO

A partir da versão de firmware 2.0, o sensor realiza uma medição de vibração por hora, totalizando 24 medições diárias fixas.

Nas versões anteriores o sensor realizava até 12 medições diárias de vibração.

4. ANÁLISE EM FREQUÊNCIA (FFT)

A análise em frequência pode ser realizada através do Portal WEG IoT ou do aplicativo WEG Motor Scan, nas três direções da vibração. A frequência máxima é de aproximadamente 3 kHz com taxa de aquisição de 3,3 Hz. Veja nas imagens, respectivamente, o gráfico da FFT diretamente no aplicativo e no Portal.

image5_motor_scan_instalation_procedure_555x416.png

5. MEDIÇÃO INSTANTÂNEA DAS GRANDEZAS

A medição instantânea, através do aplicativo, poderá ser realizada após o pareamento com o sensor. Análise em frequência, rotação e temperatura compõem algumas das principais medições realizadas nesta funcionalidade.

A imagem mostra grandezas instantâneas na tela do aplicativo.

image6_motor_scan_instalation_procedure_555x416.png

6. GRANDEZAS ESTIMADAS

A partir da versão de firmware 2.0 a rotação e carga são estimadas possibilitando acompanhar o desempenho do motor na aplicação.

A estimação destas grandezas está baseada em dados adquiridos pelo sensor e em dados nominais que são informados durante o processo de cadastro do motor na planta.

Garantir que todos os campos de identificação sejam corretamente preenchidos é fundamental para obter a estimação de forma adequada.

Rotação [rpm]:

A rotação estimada pode ser visualizada no aplicativo móvel e na WEG IoT Platform.

Carga [%, kW]:

NOTA!A estimação da carga só estará disponível em motores não acionados por inversor de frequência. A estimação de carga se encontra em fase BETA, com melhorias e desenvolvimento contínuo.

motor_scan_image_6.2a+b.png

A estimação da carga aplicada ao motor em % da carga nominal e em kW depende de diversos fatores, como: rotação estimada, frequência e tensão de alimentação, temperatura e valores nominais que são informados na placa de identificação.

Na aplicação, os valores nominais variam com o tempo dentro de limites normalizados. Portanto, o valor estimado da carga apresenta certos desvios em relação ao valor real, medido por exemplo, indiretamente através de um eixo de torção. Levando isto em consideração, o desvio do valor estimado pode apresentar uma variação média de 10% em relação ao ponto nominal.

Os valores estimados da carga podem ser visualizados no aplicativo móvel e no Portal WEG IoT. A imagem mostra o desempenho estimado de um determinado motor, baseado nos dados obtidos por um sensor WEG Motor Scan. Os valores de desempenho estimado estão sempre relacionados à última aquisição realizada pelo sensor. A imagem seguinte mostra o gráfico da carga em % para um determinado período de tempo.

Passando o mouse sobre o gráfico, visualiza-se uma caixa de texto com informações do dia, da hora e de valores da carga estimada com a sua variação admissível (mínimo e máximo).

Os valores mínimo e máximo da carga estimada, indicam que o valor da carga pode estar dentro deste range – decorrente de todas as variações possíveis para os valores nominais do motor.

DIAGNÓSTICOS

DIAGNÓSTICOS

NOTA!

O diagnóstico se encontra em fase BETA, com melhorias e desenvolvimento contínuo.

O diagnóstico poderá ser afetado para motores alimentados por inversor de frequência.

O diagnóstico atua apenas em medições em que o motor se encontra ligado.

 

A partir da versão de firmware 2.0, através do uso de inteligência artificial, é disponibilizado um diagnóstico avançado do motor na aplicação. A visualização está disponível na Portal WEG IoT.

 

Informações geradas:

  • padrões de funcionamento do sistema

  • análise de possíveis falhas no motor

 

WEG_motorscan_diagnostics_figura3_pt.jpg

1 - Como Funciona

O campo Diagnóstico informa a condição atual do motor. Caso o motor não esteja saudável, uma breve descrição do problema acompanha a condição. 

A aba Eventos registra todos os eventos gerados para o motor. Além dos eventos de temperatura e vibração, marcando-se a opção eventos Avançados, visualiza-se os detalhes do período de aprendizagem, os padrões de funcionamento e a análise de falhas.

O botão Aprender, disponível apenas para usuários administradores da planta, é utilizado para reiniciar o processo de diagnóstico. Neste caso, um novo período de aprendizagem será iniciado com a análise dos padrões de funcionamento do mesmo.

 

2 – Período de Aprendizagem

Antes de fornecer qualquer informação de diagnóstico, um período de aprendizagem de 15 dias é necessário. Durante esse tempo, uma análise é feita para aprender os padrões de funcionamento do sistema (motor + aplicação). Caso o motor faça parte de um sistema com muitas variações/padrões de funcionamento, o período de aprendizagem poderá automaticamente se estender. A imagem a seguir mostra um exemplo de período de aprendizagem com os padrões encontrados.

Neste período, o usuário será informado dos padrões de funcionamento encontrados e, caso seja encontrado algum padrão com níveis de vibração acima dos valores estabelecidos pela norma ISO10816-3, o usuário também será notificado.

 

Além disso, sempre que o usuário entender que houveram medições incoerentes, o mesmo pode reiniciar a aprendizagem, garantindo assim um melhor processo de diagnóstico.

 

WEG_motorscan_diagnostics_figura2_pt.jpg

3 – Padrões de Funcionamento

O WEG Motor Scan, através de algoritmos de Inteligência Artificial, identifica padrões de funcionamento. Não apenas durante o período de aprendizagem, mas também a qualquer momento que houver uma mudança no sistema através das medições de vibração e rotação. Com isso, o usuário poderá verificar mudanças na dinâmica do sistema e, se necessário, tomar as devidas ações. A imagem a seguir mostra um exemplo com mudança no padrão de funcionamento do sistema.

4 - Classificação de Falhas

A partir da versão 2.0 de firmware, o WEG Motor Scan agrega o conhecimento WEG adquirido ao longo de anos com o uso de Inteligência Artificial para ser capaz de detectar possíveis falhas no motor baseado no histórico de dados de vibração coletados pelo sensor.

Possíveis falhas avaliadas:

  • Desbalanceamento
  • Desalinhamento/Folga

Saiba mais sobre as novidades da WEG em Indústria 4.0

Grupo WEG - Unidade Motores
  • Avenida Prefeito Waldemar Grubba, 3300 - 89256-900 - Jaraguá do Sul - SC
  • Telefone: +55 47 3276 4000
  • E-mail: motores@weg.net