Como forma de reafirmar seu compromisso com a sustentabilidade, a WEG é voluntariamente signatária dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma iniciativa criada pela ONU, que propõe uma ação mundial coordenada entre a sociedade como um todo – setor privado, governos, sociedade civil, entre outros – a fim de alcançar os ODS, desdobrados em 17 objetivos e 169 metas que devem ser atingidas até 2030. Conheça mais aqui (https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/).

O desenvolvimento sustentável é aquele que procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das futuras gerações de satisfazerem as suas próprias necessidades. Neste sentido, a adesão aos ODS auxilia no alinhamento da estratégia de sustentabilidade da WEG. A adesão também fortalece o posicionamento e engajamento da WEG frente aos desafios e oportunidades no que diz respeito ao desenvolvimento sustentável.

“Esta cooperação coletiva é fundamental para promover impactos significativos em prol do desenvolvimento sustentável para a sociedade. A WEG entende a importância de iniciativas como esta, bem como seu papel e responsabilidade enquanto empresa. A decisão de ser signatária está alinhada com ações de sustentabilidade no contexto de uma agenda global, compartilhando as práticas que já acontecem na companhia. Por outro lado, possibilita acompanharmos outras iniciativas que possam nos balizar e, posteriormente, reportar os progressos que temos alcançado nestes objetivos”, explica Hilton José da Veiga Faria, Diretor de RH e Relações Institucionais.

Panorama WEG

Realizamos uma série de ações internas e em parceria com partes interessadas que estão alinhadas com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, como:

 

Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

A promoção da saúde e de boas práticas para o bem-estar e qualidade de vida de nossos colaboradores é oferecida através de diversos programas e ações, dentre eles: Atendimento Médico, Programa de saúde para doenças crônicas; Campanhas de saúde.

Por meio de programas e processos internos, que tratam diferentes temas relacionados à segurança no trabalho, a empresa promove a conscientização e disseminação da cultura de prevenção.

Alguns dos programas e processos:

  • Princípios da Segurança no Trabalho e Trajeto
  • Programa WEG de Conservação Auditiva – PWCA
  • Programa WEG de Segurança e Ergonomia – PWSE
  • Equipes de emergência – Brigada
  • Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA
  • Ginástica laboral
  • Comitê de Saúde e Segurança

Investimento em Segurança em 2017:

  • Investimento em adequação de máquinas e equipamentos 2017: R$ 3.2 milhões
  • Investimento em EPIs: R$ 9.4 milhões

 

Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

Buscando o desenvolvimento contínuo de seus colaboradores, a WEG oferece programas de educação e treinamento que envolvem tanto capacitação técnica como comportamental. A educação se amplia, ainda, para a comunidade nas oportunidades de iniciar a carreira na empresa como jovem aprendiz ou estagiário.

Alguns dos programas:

  • Auxilio escolar: Este programa tem por objetivo oportunizar bolsas de estudos aos colaboradores para formação em cursos técnicos, superiores, pós-graduação e idiomas.
  • EJA (Educação de Jovens e Adultos): Desde 2010 em parceria com o SESI (Serviço Social da Indústria), o programa proporciona oportunidade para os colaboradores elevarem sua escolaridade, gratuitamente. Até 2017, 346 colaboradores formaram no ensino fundamental e médio neste programa.
  • Qualificação Profissional de Operadores de Produção (QPOP):
    Número de Cursos do Programa: 36
    Abrangência: Brasil, México, Índia e China
    Número de Participações até 2017: mais de 30 mil
  • Qualificação profissional de aprendizes de produção (QPAP): Criado em 2010 com o objetivo de qualificar pessoas da comunidade que desejam entrar na companhia, o programa possui foco no atendimento das necessidades da empresa nas áreas de produção em funções ou atividades que exijam conhecimento técnico e/ou domínio de equipamentos utilizados nos processos industriais.
    Número de cursos: 8 cursos com carga horária de 400 horas
    Número de Aprendizes formados até 2017: 789
  • CENTROWEG (aprendizes): Mais de 3.700 jovens já passaram pelo CENTROWEG, que anualmente forma cerca de 140 profisisona. A oportunidade é destinada a toda a comunidade e possibilita a formação gratuita para jovens a partir dos 16 anos de idade.
  • Qualificação Profissional para Engenheiros e Tecnólogos (QPET): Criado com o objetivo de oportunizar conhecimento direcionado a engenheiros e tecnólogos que atuam nas áreas técnica, comercial e industrial. O conhecimento técnico voltado para a realidade do trabalho, equalizando as informações sobre máquinas elétricas girantes e transformadores de distribuição e força, criando um diferencial no atendimento aos clientes internos e externos.
  • Pós-graduações in company:,Realizados através de convênios com instituições de ensino consideradas referência no assunto: UFSC - FURB SOCIESC - UTFPR - PUC-PR - ESAG - FEST e FGV-SP Os programas realizados já envolveram aproximadamente 727 colaboradores, através de 28 cursos in company realizados nos últimos anos.

Outros indicadores:

  • Média de horas de treinamento por colaborador em 2017: 116 horas
  • Investimento em Treinamento em 2017: R$ 28.9 milhões

 

Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Eficiência energética

Estimulamos continuamente o desenvolvimento de suas linhas de alta eficiência, beneficiando os usuários através da economia de energia e na redução dos custos de manutenção ao longo de toda a vida útil dos motores, além de contribuir para um menor impacto ambiental. A porcentagem de produtos vendidos com foco na alta eficiência energética aumentou cerca de 10% em três anos.

Energias renováveis

Energia Solar: Com diversas usinas entrando em operação, vários fornecimentos em geração distribuída e um forte interesse por investimentos no setor, a energia solar vem crescendo. A WEG atua também em programas de incentivo para instalação de sistemas fotovoltaicos, como o programa Indústria Solar, iniciativa em conjunto com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) e com a Engie, e o PLUZ, programa de incentivo realizado no Mato Grosso em parceria com o Sebrae e o Banco do Brasil.

Energia Eólica: A WEG, como parte integrante deste mercado, em 2010, iniciou suas primeiras pesquisas assim como o desenvolvimento de geradores e demais equipamentos para geração eólica. Desde 2014, quando a WEG fez seu primeiro fornecimento de aerogeradores, até 2017 foram instalados 134 aerogeradores (281,4 MW).

 

Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

Crescimento Econômico WEG

A WEG possui um histórico de geração de empregos e crescimento econômico sólido.

Nossa Receita Operacional Líquida (ROL) em 2017 foi de R$ 9.5 bilhões, 1.7% maior que em 2016. Nossa diversificação, modernização tecnológica e inovação impactam neste contexto.

 

Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

Na WEG, todas as ideias são organizadas e sistematizadas por meio do PWQP (Programa WEG de Qualidade e Produtividade), o qual é estruturado pelos programas de: Metas Específicas (PME), Normalização (PAN), Saúde e Segurança (PSS), Melhoria Contínua (PMC), Meio Ambiente (PMA) e Desenvolvimento Tecnológico (PDT).

O Programa de Desenvolvimento Tecnológico (PDT), reúne os projetos e metas de inovação relativos a novos produtos e processos. A partir do Planejamento Estratégico Tecnológico são definidos os diversos projetos que farão parte dos programas. Como resultado disso, entre outras coisas, temos cada vez mais nos posicionado dentro do conceito de indústria 4.0, com soluções tanto para nosso processo fabril como produtos e serviços para o mercado.

Número de patentes em 2017: 155, 7% maior que o último ano.

 

Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

Nossa gestão ambiental é pautada em medidas preventivas aos desafios ambientais, visando à proteção ao meio ambiente, onde investimos em tecnologias e em melhorias constantes de processos através do estabelecimento de objetivos e metas ambientais.

Gestão de Energia: Possuímos programa de eficiência energética, sendo que uma de nossas fábricas é certificada na ISO 50001 (Sistemas de Gestão de Energia).

No Brasil as unidades que participam do Programa de Eficiência Energética possuem metas de redução de consumo de energia elétrica.

Gestão de Emissões Atmosféricas: Realizamos anualmente nosso inventário de emissões atmosféricas, que tem por objetivo quantificar as emissões, além de possibilitar a definição de estratégias para melhorar a gestão de emissões e assim causar menor impacto ambiental.

Gestão de Água: Trabalhamos na gestão de recursos hídricos, possuímos práticas de reuso de água, que considerando até o ano de 2017, já economizamos, com uso de água de reuso, 151.121 m³, o que seria suficiente para abastecer o consumo de 513 famílias durante um ano.

Gestão de Resíduos: Trabalhamos na gestão dos resíduos, buscando gerar maior eficiência e menor impacto ambiental. Em 2017, 39,6% dos resíduos gerados foram reaproveitados internamente, 30,9% foram encaminhados para empresas que promovem a reciclagem e 28,7% foram encaminhados para aterro industrial.

 

Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos.

Redução de emissões em processos

Aplicamos melhorias em processos internos visando reduzir nosso impacto em emissões atmosféricas, como exemplo, o trabalho de eficiência energética, o qual tem um importante impacto neste contexto devido as emissões em função do consumo de energia elétrica ser responsável por aproximadamente 75% de nossas emissões de gases de efeito estufa.

Redução de emissões em clientes

Como parte de nossa estratégia de negócio, desenvolvemos aos clientes tecnologias destinadas a melhorar a eficiência energética com retorno em curto prazo, na geração de energias renováveis e na redução do consumo de energia elétrica e na redução de gases de efeito estufa.

Soluções: Energia solar, energia eólica, centrais hidrelétricas, biomassa, modernização de sistemas industriais.

 

Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

Reforçamos cada vez mais processos e políticas para evitar qualquer tipo de corrupção ou práticas de atos lesivos nas nossas relações com mercado. Temos estabelecidas a Política de prevenção e combate à corrupção e outros atos lesivos, que representa uma síntese das diretrizes existentes na companhia e forma um conjunto de mecanismos internos de integridade, auditoria, prevenção e combate à corrupção.

Em 2016 foi realizado um treinamento de prevenção e combate à corrupção, que teve como público alvo o Conselho de Administração, Gestores das filiais e controladas do Brasil, Departamentos de vendas, suprimentos, e colaboradores que possuem interface com entidades públicas. O treinamento foi realizado em três idiomas, onde foram treinados 2.766 colaboradores, 2.277 no Brasil e 489 no exterior.

 

Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

Participamos ativamente em entidades de classe, se fazendo presente simultaneamente em diversos foros (Grupos de Trabalho, Comissões, Câmaras, Comitês, Conselhos Diretivos e de Administração), distribuídos em diferentes Entidades e Associações de Classe.

Contexto

Em setembro de 2000, 189 nações firmaram um compromisso para combater a extrema pobreza e outros problemas sociais. Esse pacto acabou levando a criação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), oito objetivos a serem alcançados até 2015.

Em setembro de 2015 os objetivos foram atualizados e se transformaram nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), onde foram incorporados novos objetivos, mais amplos e inclusivos, abordando os elementos interligados do desenvolvimento sustentável: crescimento econômico, inclusão social e proteção ao meio ambiente.